Skip to content

Roupinha para gato: Cuidados e como escolher!

novembro 23, 2015

O aumento do número de bichos de estimação estimula também o crescimento do mercado pet que desenvolve produtos inovadores todos os anos, pensando na qualidade de vida e também no conforto dos animais.

A área de moda para cães e gatos também está crescendo, ajudando tanto a manter seu amigo quentinho como também o deixando ainda mais bonito e elegante. Neste artigo, vamos mostrar como escolher a roupinha para gato e poder deixar seu bicho de estimação ainda mais bonito e confortável.

Como escolher a roupinha para gato?

O mercado pet só cresce a cada ano, totalizando mais de 8 mil lojas pet shops em todo o Brasil e este mercado movimenta mais de R$ 5 bilhões de reais no país. O mercado para felinos, especificamente, cresce de forma considerável tanto no Brasil quanto ao redor do mundo.

Este mercado é formado por empresas nos setores de saúde animal, de nutrição, de equipamentos, de acessórios, de publicações, de serviços especializados, além de também trazer novidades e ideias para a área de moda.

Veja, a seguir, algumas dicas para escolher a roupinha para gato:

Gatos têm necessidades diferentes:

Ao contrário dos cães, os gatos não são muito receptivos com relação ao uso de roupinhas. Eles normalmente não precisam ficar quentinhos e, mesmo quando isto acontece, eles procuram locais para dormir em que possam se esquentar. As exceções são os gatos ainda filhotes e os gatos mais idosos que normalmente sentem mais frio.

É muito simples manter seu gato com a temperatura corporal mais alta em dia frios, bastando um pequeno tecido mais macio e grosso para que este possa deitar. A quantidade de pelos dos gatos também é maior e ajuda muito.

Mesmo assim, alguns donos ainda sentem que seria bom colocar roupinhas nos seus gatos, mas para que isto aconteça é importante entender o que agrada ou não o seu gatinho;

Experimente diversos tipos e ache aquele que seu gato gosta:

Não existe fórmula mágica para se saber que tipo de roupinha para seu gato será melhor. O ideal é você tentar perceber como ele reage a alguns itens. Procure começar com pequenos acessórios, como as coleiras, os pingentes, algum lacinho no pescoço, as toucas, entre outros acessórios.

Muitas vezes, o gato ficará incomodado no início, mas tenderá a se acostumar. Tanto as roupas quanto os acessórios precisam ser confortáveis para o gato e também precisam se feitos de tecidos que não causem alergias ou coceiras.

No caso das roupas, comece com aquelas que sejam mais soltinhas e que tenham menos tecido, deixando seu bichinho mais a vontade, vá mudando para outros itens e verificando a aceitação do mesmo;

Respeite as escolhas do seu gato:

Os gatos são animais independentes e normalmente não conseguem fazer algo que não queiram. Portanto, a escolha para usar uma determinada roupinha será sempre do seu gato. De nada adianta escolher uma roupinha para gato que seja linda, mas que seu bichinho não goste e que ficará tentando tirar a todo custo.

Se ele gostar, ótimo. Se não quiser usar, aceite e tente outro item diferente.