Skip to content

Doença do gato: Saiba como se pega, quais os sintomas, como afeta as grávidas e se tem cura!

março 6, 2019

A chamada doença do gato é uma enfermidade muito perigosa para humanos e que deve ser tratada com rapidez para evitar problemas mais graves. Embora tenha esse nome popular, o termo original também é muito conhecido pela população em geral.

Nos tópicos a seguir você vai saber tudo a respeito da doença do gato. O que ela é, como é transmitida, os sintomas, a gravidade dela e outras informações relevantes. Confira!

O que é?

A doença do gato é a toxoplasmose, uma infecção muito perigosa causada por um protozoário existente nas fezes dos gatos e também de outros felinos.

Porém, ao contrário do que se imagina, não é apenas o gato o responsável por ser hospedeiro dessa doença. O próprio ser humano e outros animais também têm essa função e podem transmitir para outras pessoas e animais a doença.

Como se pega a doença do gato?

Existem três formas de se adquirir a doença do gato e todas elas são evitáveis, caso a pessoa viva em um ambiente de total higiene.

A primeira forma de se contrair a toxoplasmose é quando o ser humano ingere os pequenos ovos do protozoário que estavam presente em algum solo, na água, em latas, areia, enfim. Por isso, limpar bem os alimentos e saber a origem da água que se bebe é muito importante.

Outra possibilidade é a ingestão de carne crua ou mal cozida. Ela pode conter os cistos do protozoário e infectar o ser humano. Por isso, sempre prepare muito bem as carnes e evite comer carnes cruas, principalmente de porco e de carneiro.

Por fim, a mãe infectada pode passar a doença para o feto. Isso ocorre em quase 40% dos casos, ou seja, é muito comum, de alta possibilidade. Por isso, grávidas precisam de um tratamento e de um cuidado especial para evitar a toxoplasmose ou para tratar da forma correta para que essa doença não interfira na gravidez e na saúde do bebê.

A vantagem é que essa doença não é transmitida por mordidas de gatos ou de outros animais.

mulher com dor de cabeça por causa da toxoplasmose

Quais são os sintomas?

É muito comum que pessoas com toxoplasmose tenham sintomas bem parecidos com da gripe, como:

  • Dor de cabeça
  • Febre
  • Fraqueza
  • Coriza
  • Dor de garganta

Porém, em alguns casos pode ser que o paciente tenha outros sintomas mais graves e mais definidores, como convulsões, aumento dos órgãos hepáticos, icterícia, problemas de visão, confusão mental e outros sintomas.

Em boa parte das vezes a toxoplasmose não tem sintoma. Esses sintomas mais graves são comuns em bebês, pessoas com doenças que atacam a imunidade, como é o caso da AIDS. Pessoas adultas comuns, sem doenças, podem apresentar os sintomas de gripe ou sintoma algum.


≫ Seu bichano está estranho? Clique aqui para saber o que pode ser um gato babando!


Como é feito o diagnóstico?

O diagnóstico é feito a partir de um exame de sangue específico que detecta os anticorpos que combatem o protozoário da toxoplasmose no corpo do ser humano.

Em fetos pode ser feito também o exame de diagnóstico. Existem duas possibilidades: um ultrassom específico para a descoberta da doença e a relação com o desenvolvimento do bebê e a retirada de parte do líquido amniótico da placenta para analisar e observar se há anticorpos do protozoário em ação.

mulher com um gato ao lado para representar a doença do gato na gravidez

É perigoso ter a doença do gato na gravidez?

A toxoplasmose na gravidez é muito perigosa para a mãe e para o bebê que estar por vir. Essa doença durante a gestação normalmente é assintomática para a mamãe, mas pode causar sérios problemas no bebê em formação, por isso é importante ficar tão atenta quando se tem um gatinho em casa.

Para isso, é necessário que a mulher realize os exames de identificação do protozoário no corpo a cada 3 meses durante o pré-natal. Normalmente as mulheres são imunes ao protozoário, mas o chek-up frequente é necessário até para quem não tem gatos, pois a pessoa pode ser contaminada através de carnes cruas ou mal passadas.

Caso a doença seja identificada, o médico solicita à mãe um exame de amniocentese, que identifica se o líquido que envolve o bebê está contaminado ou não.

Os riscos para a gravidez são:

  • Aborto espontâneo;
  • Morte no nascimento;
  • Malformação no bebê;
  • Nascimento prematuro;
  • Alterações na cabeça da criança;
  • Surdez;
  • Convulsões;
  • Pneumonia;
  • Anemia, entre outras.

A doença do gato tem cura?

Sim, a toxoplasmose tem cura e o tratamento é bem simples, à base de medicamentos. Só que a pessoa que já teve uma vez tem maior possibilidade de ter a doença de novo. Por isso, fazer o exame com frequência é essencial para evitar más surpresas.


≫ Seu felino está passando mal? Leia aqui quais as causas do gato vomitando!


Como devo tratar?

A maior parte dos tratamentos é feita com base no uso de medicamentos que eliminam o protozoário da doença do gato. Em alguns casos mais simples, apenas o acompanhamento médico é necessário. O próprio corpo vai tratar de eliminar o protozoário sem a necessidade de nenhum medicamento.

Se tiver restado ainda alguma dúvida a respeito da doença do gato e as suas consequências no ser humano, deixe o seu comentário aqui embaixo!