proteger o cão no inverno

8 dicas para proteger seu cão no inverno

Neste período mais frio, é comum muitos cãezinhos adoecerem ou até falecerem. Mas isso pode ser evitado com pequenos cuidados que os donos devem ter no inverno. Pensando no bem estar do seu pet, selecionamos oito ótimas dicas para que seu cão não passe frio no inverno nem fique doente.

Cuidados com seu cão no inverno

Banho

Cachorros por natureza não gostam muito de banho, imagina no frio? Mas no inverno pode dar essa colher de chá para os bichinhos. É recomendável pouco banho, água morna e evitar dar banho em dias muito frios e, se possível, ao terminar, seque o pelo no secador.

Tosa

Acha que o pelo está muito grande? Ótimo! Se o cão tem muito pelo, mantenha a pelagem grande, isso vai aquecê-lo durante o inverno. Não tose o cachorro neste período. Uma boa economia, não é mesmo?

Roupas

Se for uma raça de pelo curto, coloque roupas quentes no cachorro, como o Pinscher, por exemplo. Essas são as que mais adoecem no inverno, pois não possuem proteção natural. Para essas e algumas de pelo grande, é fundamental o uso de roupas, de lã, malha, o que for, mas que mantenha o cão aquecido.

Casinha

Caso seu cão tenha uma casinha, reforce os cobertores dela e verifique se não está furada, quebrada ou entrando alguma corrente de ar nela. Mas, se ele dormir em ambientes abertos, monte um espaço para ele que o aqueça, cubra espaços que possam molhar ou ventar muito.

Passeio

Caminhadas ainda é essencial para uma boa saúde do seu cão, por isso, não deixe de passear com ele, mas faça isso em dias mais quentes e/ou horários de maior incidência solar (de 11h às 15h);

Comida

Neste período é comum os cães terem mais fome, mesmo se exercitando menos, eles comem mais. E é importante que isso aconteça, por isso, no inverno, aumente a quantidade de comida do seu cão de 20% a 30% a mais;

Vacina

A dica mais importante de todas: vacina em dia! Desde filhote é crucial que o dono tenha todas as vacinas em dia, pois um descuido pode causar um dano enorme. E no inverno essa atitude pode evitar que seu cão adoeça, principalmente por que ele está mais vulnerável à gripe e cinomose;

Pós-banho

Após o banho é recomendado que o cão não saia em áreas externas ou passeie. Mesmo estando totalmente seco, o expor ao clima externo é perigoso, causa choque térmico, além de comprometer todo o sistema imunológico do animal.

Todos esses cuidados são importantes para que seu cão passe o inverno aquecido, confortável e livre de doenças. Mas, caso perceba algum comportamento diferente ou sinais de gripe ou cinomose, leve seu cãozinho imediatamente ao veterinário. Não pense que uma tosse, uma coceira ou mesmo um espirro é coisa simples, pois, quando se trata de um ser que não sabe expressar com palavras o que sente, todo cuidado é pouco!

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *