Categoria: Animais de estimação

Está pensando em ter um animal de estimação mas cães e gatos não são exatamente o que você está buscando? Que tal ter um mini porco?

O mini porco  é um porquinho meigo, sociável e super inteligente, que pode substituir animais de estimação mais convencionais justamente por essas características, mas as semelhanças com o melhor amigo do homem não param por aí.

O mini porco (também conhecido como micro porco ou mini pig) atende pelo nome que você der e pode ser treinado para sentar, deitar e usar um lugar específico na casa ou quintal para fazer as suas necessidades, podendo ser até mesmo a caixa de areia usada para gatos.

E se você acha que a sujeira típica dos porcos é um problema, saiba que o mini pig é um animal muito limpo, adoram tomar banho e pode ser criado até mesmo em apartamentos, como um outro animal de estimação de pequeno porte.

Famosos como a Paris Hilton, George Clooney e Miley Cyrus já se renderam ao charme do mini porco. Veja aqui tudo que você precisa saber para ter o seu!

Características de um mini porco

mini pig dormindo

Um mini pig pode medir até 50 cm e pesar até 50 quilos, o equivalente ao tamanho de um cachorro adulto da raça Beagle. As fêmeas geralmente ficam menores que os machos. 

Esse bichinho também é uma ótima opção para quem tem alergia, porque o mini pig não solta pelos como cachorros e gatos.

Quem tem criança em casa vai adorar ter esse bichinho, isso porque eles são super brincalhões e sociáveis. A convivência com eles será tranquila e harmoniosa.

Os mini porcos são diurnos, eles dormem cedo e acordam cedo. Se você não gosta de acordar cedo, repense a ideia de ter um desses.

Cuidados com o seu mini porco

mini pig tomando banho

Assim como qualquer outro animal de estimação, o mini porco vai demandar alguns cuidados, como a vacinação contra a Leptospirose e Erisipela e a vermifugação.

Quanto à higiene do seu porquinho, esse bichinho não costuma dar problemas.  Você pode ensiná-los a fazer suas necessidades em lugares adequados. Suas fezes têm o cheiro forte, então devem ser retiradas rapidamente. 

Você pode dar banho uma vez por semana (eles adoram tomar banho!) usando shampoo neutro e água em temperatura ambiente.

Como a pele do mini pig é muito sensível, passar um protetor solar nos momentos de exposição ao sol e hidratante para evitar o ressecamento nos dias mais frios também fazem parte dos cuidados que você deve ter com o seu animalzinho de estimação.

Assim como os cães e gatos, o mini porco também pode ficar agressivo e até mesmo morder, por isso é importante que ele seja educado.

Ah e é necessário realizar o corte das unhas de dois e dois meses por um profissional especializado.

Leia também os cuidados essenciais para ter uma mini cabra!

Dá pra ter um em apartamento?

mini pig imagem

Apesar dele poder ser criado em apartamentos, o ideal é que ele tenha espaço para correr e brincar, como um quintal. Isso vai ajudar a manter o peso e evitar a obesidade e o sedentarismo, além de impedir que ele fique estressado.

Eles adoram brincar, passear e ficar em contato com a natureza, portanto um espaço adequado é essencial.

Caso você não tenha esse espaço, leve o seu mini pig para passear na rua uma vez ao dia, como faria com o seu cão.

Alimentação do mini porco

Quanto à alimentação, o ideal é não dar restos de comida para o seu mini pig (e muito menos a famosa lavagem dos seus familiares) porque ele pode se intoxicar com o sal. Algumas frutas e e legumes são essenciais para a alimentação dessa espécie. 

O recomendado é comprar ração para leitões (ou ração 801) em casas de ração ou lojas que vendem artigos para agropecuária, pois ela vai garantir uma alimentação balanceada de acordo com os nutrientes que o seu bichinho precisa.

Existem marcas como a Purina, Mazuri, Heartland, Peak Performance, Nutrina e Manna Pro que já vendem rações especiais para mini pig.

Lembre-se não ofereça ração de cachorro ou gato para seu porquinho, pois pode fazer muito mal para ele.  Ah e não esqueça de hidratá-lo com água limpa e fresca.

Ele cresce?

dois mini pigs

O mini pig tende a crescer um pouquinho na sua fase adulta, mas nunca chega ao tamanho e peso dos porcos normais. Seu crescimento ocorre até os 2 anos de idade mais ou menos.

Esse bichinho adulto tem em média de 35 a 50 centímetros de altura e pesa entre 35 e 50 quilos se seguir a alimentação correta.

Logo, para você ter uma ideia, como já citamos, podemos compará-los a cães de raça média para grande.


Que tal saber mais sobre os cuidados com seu mini pig? Clique aqui e veja as principais vacinas de suinos que você não pode deixar de dar.


Mini pig rosa

mini pig rosa

Esse tipo de porco não tem uma cor definida. Normalmente eles são malhados. Ou seja, claro com manchas escuras. O Mini pig rosa é muito difícil de achar, e caso você encontre um, o seu preço chega a triplicar.

Eles fazem barulho?

Os porcos são animais que gritam por natureza e se assustam facilmente. Eles geralmente gritam quando estão com fome, e bastante, pois eles aprendem que gritando vão conseguir comida. (Eles são bem inteligentes!)

Onde comprar um mini porco?

mini pig preto e branco

Como ter um mini pig está na moda, muitos pet shops estão vendendo o animal, mas antes de comprar o seu, você precisa certificar-se de que a loja ou vendedor é confiável ( que não está te vendendo um filhote de porco comum) e que você poderá passear com o seu mini pig na rua de casa, por exemplo, já que alguns municípios proíbem a circulação desse tipo de animal em áreas urbanas.

Você pode encontrar muitos anúncios no Mercado Livre, mas antes de comprar o seu mini pig, peça referências do vendedor. Outra opção também é comprar de criadores especializados.


 Quer comprar um mini coelho? Clique aqui e saiba onde comprar e o seu preço!


Como diferenciar um mini porco de um porco comum?

Essa é uma dúvida de muitas pessoas, e estamos aqui para respondê-las. Até porque você precisa de fato saber diferenciar um mini pig de um porquinho comum para não errar na hora da compra. Não é mesmo?

Mas não se preocupe, abaixo listamos as principais diferenças pelas quais você deve se atentar. Veja!

  • Um mini porco tem de 20 a 50 cm, enquanto o porco comum tem entre 80 cm e 1 metro de altura.
  • O porco comum chega a pesar 350 a 500 quilos, já o peso do mini pig gira em torno de 35 a 50 quilos.
  • Mini pigs são vendidos normalmente em lugares especializados.

É possível adestrá-lo?

Sim, com certeza. Esses porquinhos são muito inteligentes, portanto, você pode adestrá-lo igual acontece com cachorros.

Quanto tempo vive um mini porco?

mini pigs

Além de todas as características que o mini pig tem em comum com outros animais de estimação, o tempo de vida dele também é bem parecida com o tempo que um cachorro vive.

Um mini pig pode viver em média 20 anos, mas se for bem cuidado pode chegar aos 30 anos, o que significa que, ele estando saudável, não vai sair da família tão cedo.

O mini pigs se dão bem com outros animais?

Esses bichinhos se dão muito bem com outros animais, principalmente se forem criados juntos desde muito novinhos.

Posso comprar na OLX? E no Mercado Livre?

Sim, você pode comprar no site do Mercado Livre ou OLX, no entanto, é de extrema importância que você converse com o vendedor e analise suas referências. Até porque, como já mencionamos, muitas pessoas acabam se aproveitando do sucesso desse bichinho para vender filhotes de porcos comuns.

Pesquise muito antes de comprar, e ainda sim, prefira vendedores especializados ou pet shops de confiança.

Quanto custa? Qual é o preço?

Como está na moda e ainda existem poucos criadores de mini pig no Brasil, o preço de um filhote costuma assustar um pouco inicialmente, já que pode chegar a R$2000.

Já no Mercado Livre um filhote custa entre R$800 e R$1000.

E ai gostou do texto? Compartilhe em suas redes sociais com seus amigos!

Read Full Article

Os pássaros são animais de grande beleza e variedade de cantos e cores. No Brasil, existe uma diversidade enorme de espécies de pássaros e muitos deles podem ser criados facilmente em cativeiro, como é o caso da calopsita, um animal que hoje é considerado doméstico. Porém, para se garantir a saúde destes animais e também ajudar em sua qualidade de vida, é importante se entender como cada espécie funciona e quais os cuidados necessários na rotina.

Neste artigo, mostraremos algumas dicas sobre os cuidados básicos para criar as calopsitas e como manter a saúde destes pássaros de maneira adequada para que ela seja uma companheirinha para você!

Como cuidar da sua calopsita?

As calopsitas são pássaros originários da Austrália, sendo de fácil criação e podendo sobreviver por, aproximadamente, 20 anos. Elas são bastante inteligentes e podem ser facilmente treinadas para cantar e até reproduzir algumas frases.

Como é um pássaro que vive muito tempo você deve estar disposto a cuidar deste animalzinho por muitos anos, e lembrar-se que ele irá te acompanhar por uma boa parte da sua vida. Por isso é importante ter muita responsabilidade na hora de comprar ou adotar um.

Uma outra informação importante sobre esse animal é que eles costumam ser muito dependentes dos seus donos, e não gostam de ficar sozinhos. Por isso uma dica é sempre optar em ter um casal e não apenas uma calopsita.

Veja, a seguir, algumas dicas para você conseguir cuidar da sua calopsita e saiba quais são os cuidados básicos mais importantes:

Alimentação da calopsita

calopsita
Calopsita pérola

Cada espécie de pássaro precisa de um tipo de alimentação. Existem produtos específicos para as calopsitas, contendo ingredientes naturais e completos em termos de nutrientes. É importante buscar produtos que realmente tenham qualidade de matéria-prima e também que contenham quantidades corretas em termos de nutrição.

Muitos produtos são ricos em antioxidantes, em prebióticos, em nucleotídeos, entre muitas outras substâncias que ajudam não só a nutrir o pássaro como também a fortalecer o sistema imunológico das calopsitas e também ajudam no equilíbrio do metabolismo.

Evite produtos que contenham muitas substâncias artificiais, tais como os corantes e os conservantes. Além disso, evite outros tipos de alimentos além da ração. Utilize as frutas e legumes somente em alguns casos, não passando de duas vezes por semana e também sempre colocando em pequenas quantidades. É importante ter em mente que o alimento principal do seu bichinho deve ser a ração.

Sobre o preço, a alimentação da calopsita em si não sai muito cara, já que é composta basicamente de ração e por ser um animal pequeno, ela acaba não se alimentando em grandes quantidades.


📌 Você gosta de pássaros? Então veja também o nosso artigo sobre cacatua.


Frutas e verduras que a sua calopsita pode comer:

Listamos a seguir alguns exemplos de frutas e verduras que você pode oferecer para a sua calopsita:

  • Almeirão
  • Cenoura ralada ou em pequenos pedaços
  • Rúcula
  • Couve flor
  • Jiló
  • Abobrinha
  • Batata doce cozida
  • Milho cozido
  • Mamão
  • Maçã (sem semente!)
  • Melancia
  • Ovos cozidos

Mas atenção, alimentos fermentados, leite e derivados, alface, abacate,  não devem ser dados para o animal.

Tenha cuidados básicos com o ambiente:

Os locais onde os pássaros ficam e também o ambiente em que são criados é de fundamental importância para a saúde das calopsitas. A gaiola deve ter um tamanho mínimo, sendo confortável e com espaço para que possam voar, devendo também ser colocada em algum local protegido de ventos e mudanças de temperatura. Além disso, é muito comum que a calopsita fique solta nos ambientes, e por isso é um pássaro ideal para apartamento desde que você tome os devidos cuidados para ela não fugir ou se machucar.

Outra recomendação é usar poleiros com diâmetros diferentes dentro das gaiolas, para evitar um possível problema de atrofia nos pés dos pássaros. Deve-se evitar também locais com excesso de barulho ou mesmo situações que possam vir a deixar as calopsitas estressadas. É recomendado se ter sempre um casal, evitando-se a criação da calopsita sozinha.

Outra questão bastante importante é a limpeza da gaiola que deve ser feita de maneira a evitar o contato das calopsitas com os resíduos de alimentos ou com as fezes. Mantenha a bandeja do fundo sempre limpa, diariamente, assim como os bebedouros, os comedouros e os poleiros, fazendo também uma higienização com solução de cloro a cada 15 dias em todos os itens da gaiola.

Onde comprar uma calopsita?

calopsita amarela

Devido a popularidade que a calopsita foi adquirindo, hoje em dia é muito comum encontrar esse animal sendo vendido em feiras ou até mesmo no Facebook ou em sites na internet. Porém, essa não é a melhor forma de comprar este animal, já que raramente é possível conhecer as condições em que o pássaro estava sendo criado.

Por isso a nossa recomendação é que você sempre procure um criadouro sério, de forma que você possa conhecer a forma que os animais são criados e o tratamento que eles recebem.

Quanto custa em média? Qual é o preço da calopsita?

O preço da calopsita pode variar de acordo com diversos fatores que vão determinar se ela será mais cara ou mais barata. Um desses fatores é a cor, já que algumas cores são mais caras que outras. Outro fator que também influencia no preço do animal é a origem dele, qual o criadouro, os pais, etc.

Mas de forma geral, os valores de uma calopsita começam em 80 reais e podem chegar até 300, dependendo dessas variáveis que citamos.

Mas antes de comprar o pássaro você não deve considerar apenas o valor do animal, e fazer as contas também de todos os possíveis custos que você terá com ele ao longo dos anos que ele for ficar com você.

Calopsita branca ou albina

calopsita branca

calopsita branca albina

A calopsita branca apresenta essa cor graças ausência de melanina, ou seja, trata-se de um animal albino. Ela possui as penas completamente brancas e o olhos, pés e bicos podem ser rosados ou avermelhados.

Elas são muito bonitas e infelizmente são muito raras e difíceis de serem encontradas a venda.

Calopsita lutino

calopsita lutino

Você também encontra essa espécie com a cabeça mais amarelada, e o corpo mais claro, quase branco. Neste caso estamos falando da calopsita lutino.

O degradê nas penas forma uma coloração muito bonita e muito apreciada pelos admiradores desta ave. Além disso, ela possui dois círculos nas bochechas, o que a deixa ainda mais linda.


📌 Já tem uma calopsita e quer ensinar certos comandos para ela? Então veja o nosso artigo sobre como adestrar a sua calopsita.


Calopsita azul

Muitas pessoas tem dúvidas sobre a calopsita azul, e por isso buscamos informações sobre a existência de animais desta cor e não encontramos informações de que existam espécies desta cor. Porém, algumas pessoas relataram que já viram exemplares que foram criados a partir de cruzamento com outras aves para que ela chegasse na coloração azul.

De qualquer forma, se existirem, tratam-se de exemplares bastante raros.

Conclusão

As calopsitas são pássaros de beleza exuberante, sendo de fácil criação e também sendo facilmente treinadas. Para manter as calopsitas sempre com saúde e vida prolongada, basta seguir estas dicas sobre alguns cuidados básicos do dia a dia.

Continue conosco nos próximos artigos e deixe aqui seus comentários ou dúvidas. Até mais.

Read Full Article

Se você nasceu nos anos 90 provavelmente vai se lembrar de um dos hamsters mais famosos dos desenhos animados: O Hamtaro! O animal se popularizou muito quando o desenho era exibido no Brasil, e foi aí que muitas pessoas ficaram conhecendo os hamsters, esse roedor simpático e divertido!

Eles são animais que exigem menos cuidados, se comparados aos cachorros, por exemplo. Algumas espécies podem viver até três anos e meio, dependendo do cuidado que você tiver com ele. Continue lendo para saber mais sobre os cuidados com o animal!

O que é um hamster?

O hamsters são um pequeno roedor com hábitos diurnos, eles possuem dentes de crescimento contínuo, e por isso sempre precisam de algo para “desgasta-los”.

Eles são animais que comem de tudo que acham, mas se você quer criar um hamster deve alimenta-lo apenas com ração própria para ele, nada de restos de comida ou ração de outros animais. Possuem audição e olfato muito apurados, mas a sua visão é pouco desenvolvida.

Nascem cegos e, quando adultos, não conseguem ver mais longe do que alguns centímetros em frente ao seu nariz. Isto faz com que um hamster não perceba quando um predador se aproxima. Por isso também não é recomendado que se use gaiolas para hamster altas com vários níveis, pois uma queda grande pode dar origem a ossos à morte do animal.

Onde comprar acessórios para Hamster?

Recebemos várias mensagens dos nossos leitores perguntando onde comprar acessórios para hamster, e caso você queira comprar online, podemos indicar o site do Walmart.

A loja é considerada uma das maiores do Brasil e lá é possível encontrar uma série de produtos para o seu pet, desde casinhas, brinquedos e até mesmo alimentação. Além disso, é importante falar que o site é super confiável e eles entregam em todo Brasil.

Caso você tenha ficado interessado é só clicar a seguir!

comprar walmart

Alimentação

Os hamsters se alimentam basicamente de ração, e esse é de fato o alimento mais adequado para eles. Em relação os petiscos, eles adoram comer legumes e frutas, e esses alimentos podem ser dados para eles esporadicamente. Porém, alguns alimentos são proibidos, como por exemplo: chocolate, frutas cítricas, carne, frituras, entre outros.

Outra questão importante é que o seu hamster sempre deve ter água limpa e fresca a sua disposição.

Água e comida precisam ser trocadas diariamente para que não fiquem velhas, causem mau cheiro e atraiam outros animais.

hamster

Higiene

A higiene dos hamster quase que se baseia em apenas fazer a limpeza da gaiola entre duas e três vezes por semana. Você também pode colocar serragem no fundo da gaiola do seu bichinho, para deixar o lugar mais confortável e limpo para ele. Porém, é preciso lembrar de trocar essa serragem a cada limpeza.

Outra questão importante é que você nunca deve dar banho no seu bichinho, já que isso pode colocar a sua saúde em risco. Porém, caso você manuseie muito o seu animal, você pode colocar um pozinho específico para banhos de roedores na gaiola para ele se limpar. Esse pó você encontra em pet shops.

Comportamento

Em geral os hamsters são animais dóceis e sociáveis. Eles não se importam que você o pegue e brinque com ele, porém isso deve acontecer de maneira moderada e com alguns cuidados. Por exemplo, na hora de pegá-lo, espere que ele venha até a sua mão, atraindo-o com um petisco, que pode ser um pequeno pedaço de cenoura. Também não é interessante carregar o animal de uma altura muito elevada, já que ele pode se assustar e pular.

Uma prática que pode fazer o seu hamster feliz é dar brinquedos para ele. Você pode colocar uma rodinha na gaiola para ele se exercitar. Porém não é recomendado trocar o ambiente dele com frequência, evitando assim que ele fique estressado.

Outra questão importante é que eles são animais de hábitos noturnos, por isso não é interessante que a gaiola fique dentro dos quartos, pois o barulho pode atrapalhar o seu dono a dormir.

Gestação

As fêmeas dos hamsters entram em idade reprodutiva aos quatros meses, e no caso dos machos aos três. A fêmea entra no cio a cada quatro dias em média, e ele pode durar entre quatro e 24 horas. Os filhotes nascem com aproximadamente 21 dias, e a média é de oito bebês por gestação.

Qual o preço de um hamster?

Os hamsters são facilmente encontrados em lojas de animais, e os seus preços variam muito de acordo com a raça e cor do animal. Porém, eles são vendidos a partir de 10 reais nas grandes cidades.

Em geral, o custo com o seu hamster é muito baixo, já que ele não necessita de visitas ao veterinário e a sua alimentação é muito barata.

Muitos pais, quando os filhos pedem um animal de estimação, optam por um hamster no lugar de cães e gatos, por ser um animal de pequeno porte ele ocupa menos espaço e pode ser até mais fácil para cuidar, fazendo com que essa responsabilidade seja das crianças.

Porém é importante alertar que mesmo sendo um bichinho barato e fácil de cuidar, você tem que ter em mente que ele exige cuidados, amor e atenção. Jamais compre um animalzinho se você não conseguir oferecer isso a ele.

Benefícios de ter um Hamster

O hamster tem uma expectativa de vida curta, entre dois e três anos, mesmo assim existem vários motivos e benefícios em se ter uma hamster. Confira alguns:

  • O gasto mensal com um hamster é menor do que com outros animais, basicamente só se gasta com a serragem que fica na gaiola e com a ração própria para hamsters.
  • O Hamster não precisa da atenção a toda hora, como levar para passear, nem de banho. Você pode trocar comida e agua durante a noite.
  • O espaço que o hamster ocupa, é bem pequeno, dependendo da gaiola, ele pode ser colocado no quarto, sala, ou seja, não ocupa muito espaço, porém não é recomendado coloca-lo no quintal menos ou em lugares onde ele possa entrar em contato com animais silvestres ou não domésticos.
  • O hamster come pouco, bebe pouco, coloque uma boa roda na gaiola para que ele possa se exercitar, e compre alguns brinquedinhos de morder que não custam caro, pois ele precisar gastar os dentes.

Mas enfim, quanto custa ter um hamster?

Primeiramente você deve saber, que diferente de alguns animais que pode ser adotados, os hamster são vendidos, o preço varia entre R$ 5 e R$ 15 reais. A vida do hamster é curta, então é bom que compre um com poucas semanas de vida. Os hamsters devem ficar em gaiolas, a escolha é puramente pessoal, então você pode encontrar algumas mais simples, de R$ 25 reais, até mais elaboradas de R$ 150 reais.  Você pode comprar um bebedouro, que custa no máximo R$ 15 reais, ou usar alguma vasilha que você tenha em casa.  Algumas gaiolas já vêm com o bebedouro incluído no preço. Esses são os primeiros gastos com o hamster, a maioria das coisas citadas não precisaram ser substituídas em pouco tempo.

Agora alguns gastos que você terá com mais frequência, que dependerá de quantos hamsters você irá ter. A comida é uma mistura de sementes que custam em média R$ 6 reais o quilo.  E por fim, a serragem, que fica na gaiola do hamster, deve ser trocada mais vezes, porém um saco que dura entre 20 e 30 dias custa R$ 5 reais.

Veja também: Tudo sobre o porquinho da Índia!

Se você tem vontade de ter um hamster, que tal conhecer também algumas raças desses bichinhos? Vamos falar das principais a seguir:

Hamster Chinês / Hamster Anão Russo

hamster

O hamster chinês (hamster anão russo) é a raça mais comum no Brasil, mesmo ele sendo originário dos desertos da China e Mongólia. A sua expectativa de vida é de 2 a 3 anos, e eles podem pesar até 75 gramas. Bem pequenos, não é?

Para identificar os animais dessa raça é bem simples, bastando observar a sua coloração. Os hamsters chineses geralmente possuem em listra de pelos mais escura.

Hamster Sírio

hamster sirio

O Hamster Sírio é um pouco diferente do Hamster Chinês graças ao seu tamanho. Isso porque eles podem chegar até 150 gramas, em média. Além disso, a cor dos seus pelos também é diferente, já que eles geralmente são apresentam pelos mais claros. Porém, alguns criadores também já relataram o nascimento de hamster sírios pretos, mas não é muito comum.

Hamster Panda

hamster panda

Como o próprio nome já indica, os hamster panda possui a coloração muito parecida com a de um urso panda, e por isso ele também é conhecido como hamster urso. Não é uma variação muito fácil de ser encontrada, e eles também possuem o tamanho um pouco maior que os hamsters chineses.

Hamster branco

O hamster branco é “primo” do hamster russo, e de todos que citamos anteriormente, talvez ele seja o mais difícil de ser encontrado. Outra característica do animal é o fato de que no inverno sua pelagem fica co uma coloração mais acinzentada.

E então? Gostou da ideia de ter um hamster? Conte pra gente nos comentários o que você achou do artigo de hoje!

Read Full Article

A busca por animais de estimação no Brasil é muito grande. Os cachorros e os gatos eram os mais procurados, porém, com o passar do tempo, além desses animais, se tornou mais comum adquirir animais exóticos também. Atualmente existem dezenas de animais que vem fazendo grande sucesso como animal de estimação como os papagaios, periquitos, cobras, coelhos, ratos, tartarugas, e por que não um jabuti?

Já pensou em ter um jabuti como animal de estimação, mas não sabe nada sobre eles? Então continue lendo esse artigo e veja a seguir tudo o que você precisa saber antes de comprar esse animal.

Qual é a diferença do jabuti para a tartaruga?

Primeiro vamos esclarecer uma dúvida comum, pois o jabuti muitas vezes pode ser confundido com uma tartaruga por quem não entende desses animais, já que eles são bastante parecidos.

A diferença está primeiramente nos hábitos desse bicho, que é um réptil terrestre. Já a tartaruga fica o tempo todo dentro da água, saindo apenas para tomar sol ou depositar seus ovos.

Além disso, o jabuti se movimenta muito devagar por possuir um casco pesado e alto, com patas cilíndricas e curtas que lembram as patas de um elefante.

O jabuti é um réptil que faz parte da família dos Chelonoidis, sendo que existem mais de 40 espécies desse animal espalhados pelo mundo. As espécies de jabutis que são encontradas no Brasil podem ter entre 28 a 70 cm de comprimento podendo pesar até 60 quilos e podendo viver entre 80 a 100 anos.

Por isso é necessário você estar disposto a cuidar desse animal por muitos anos e confiar em alguém próximo pois, provavelmente seu bicho ficará de herança para a família.


📌 Quer saber quais são os cuidados com uma tartaruga? Leia mais sobre como ter uma tartaruga em casa.


Posso ter um em casa?

Não, não é possível ter um jabuti em casa legalmente, apesar de essa prática ter se tornado muito comum. Apenas algumas espécies desse réptil podem ser criadas em casa, desde que com a autorização do IBAMA.

Esse animal é silvestre e considerado em risco de extinção, portanto, sua tutela em casa é considerada crime ambiental e pode te ocasionar uma multa.

jabuti entre plantas

Onde posso comprar um jabuti?

Os jabutis brasileiros são bem fáceis de achar. Para isso você precisa apenas encontrar uma loja de animais perto de você. Existem também alguns vendedores que não possuem lojas, mas que são qualificados para esse tipo de venda.

Vale lembrar que é imprescindível que você conheça o vendedor e que ele seja de confiança. Não compre animais de estimação de vendedores sem qualificações para isso.

Uma dica é ir às casas de ração e perguntar sobre locais confiáveis que vendem jabutis, pois eles podem ter contatos seguros. Além disso, evite comprar pela internet, pois você não conhece o vendedor e pode estar financiando a reprodução exacerbada desse animal e até maus tratos.

Qual é o preço médio de um?

Não é possível dizer um valor exato para o preço de um jabuti, visto que o seu preço altera conforme o seu tamanho, sua espécie e suas demais procedências.

É possível achar jabutis mais baratos que custem até mesmo 200,00. Porém, existem outras espécies que são mais raras, e podem ser bem mais caras, podendo chegar a mais de 1000 reais.


📌 Leia mais também sobre outros animais de estimação exóticos e suas características.


jabuti piranga filhote

Como é a espécie do jabuti-piranga?

No Brasil, uma das espécies mais comuns encontradas é o jabuti-piranga, também conhecida como jabuti vermelho, que possui um porte menor e escamas avermelhadas com o centro amarelado.

Ele é facilmente achado nas regiões do cerrado e caatinga, desde a Amazônia até São Paulo e a facilidade de encontrá-lo se deve principalmente por ele viver em ambientes abertos como bordas de matas e campos.

Essa espécie tem hábitos diurnos e é onívora, alimentando-se de frutas, folhas, flores e às vezes de alguns animais mortos.

O macho do jabuti piranga pode chegar a 45 cm de comprimento no casco enquanto a sua fêmea alcança até 40 cm. Além disso, eles vivem entre 50 e 70 anos, contanto que estejam nas condições adequadas.

Outra espécie comum de ser domesticada no Brasil é o jabuti-tinga, que é um pouco mais claro que o jabuti-piranga e possui cores mais amareladas. Os machos podem atingir até 70 cm e pesarem até 12 kg.

O jabuti sabe nadar?

Como dissemos, a diferença da tartaruga para o jabuti é que ele é completamente terrestre. Por esse motivo, o jabuti não sabe nadar, portanto, mantenha ele longe de locais com água funda.

Essa dúvida é comum, pois quem tem jabuti em casa pode já tê-lo visto entrando em seu bebedouro completamente para tomar água. Contudo, eles só fazem isso porque a superfície nesse caso é muito rasa e eles não precisam nadar.


📌 Quer saber mais sobre outros répteis? Leia aqui sobre a cobra de estimação!


jabuti em seu terrario

Como montar um terrário?

É fácil encontrar alguns terrários para jabuti à venda na Mercado Livre e eles costumam ter o preço entre R$ 200,00 e R$ 500,00, de acordo com os acessórios que acompanham.

Os modelos mais baratos, de R$ 200,00, costumam ser de madeira e não possuem acessórios, mas talvez você encontre algum vendedor que dê de brinde serragem ou outros itens.

Já os mais caros normalmente possuem uma área tampada e outra com uma lâmpada quente para aquecer seu jabuti, além de opções com armários embutidos para guardar todos os acessórios do bichinho.

Porém, uma opção, caso você tenha quintal em casa, é limitar a área do seu jabuti construindo alguma grade ou murinho para ele não fugir. Fazendo isso, o importante é ajeitar o local do bicho com uma área coberta para ele se deitar na sombra, uma área exposta ao Sol e os acessórios para ele ficar à vontade.

Uma dica é comprar kits completos com comedouro, bebedouro e toca, que saem baratos e você pode organizar as peças da forma que quiser no quintal.

jabuti comendo laranja

Como é a alimentação do jabuti?

Esses animais são naturalmente onívoros, por isso, uma alimentação equilibrada para eles deve conter folhas, frutas, legumes, e esporadicamente alguma proteína animal.

No caso de criar seu réptil em casa, você pode oferecer a ele diariamente 50% da sua comida com uma ração especializada de qualidade e a outra metade com frutas.

Entre os alimentos que você pode dar para o seu novo amigo estão:

  • Banana
  • Laranja
  • Uvas
  • Pera
  • Farinha de osso
  • Maçã
  • Couve
  • Almeirão
  • Alface
  • Carne moída crua (ocasionalmente)
  • Ovos cozidos

Já entre os alimentos proibidos estão qualquer derivado do leite, pois o estômago desse réptil não consegue digerir esse tipo de insumo.

É importante também que você sempre mantenha a casinha do seu réptil limpa e livre de cocôs, já que eles possuem o hábito da coprofagia (animais que comem fezes). Isso pode fazer eles contraírem doenças facilmente.

Quais os cuidados na hora de escolher um?

Escolha o jabuti ideal para você, conforme o tamanho, o habitat e outros fatores que podem ser influentes para o seu ambiente. Mas além disso, algumas dicas na hora de comprar são:

  • Pesquise sobre o animal antes de comprá-lo, assim você poderá comprar esse animal já sabendo um pouco sobre ele;
  • Leve em conta o clima da região onde você está, pois o réptil precisa ser compatível com esse tipo de clima;
  • Escolha espécies menores, pois elas são mais fáceis de cuidar e ocupam menos espaço em sua casa;
  • Forneça a alimentação adequada para o seu jabuti. Esse tipo de pergunta deve ser feita ao vendedor do animal antes de concretizar a compra;
  • Leve seu jabuti ao veterinário regularmente para certificar-se de que ele está bem;
  • Faça alterações do ambiente onde o seu jabuti está conforme ele cresça e tenha necessidades.

Com essas dicas você com certeza será um excelente criador de jabuti e poderá ter esse bichinho como o seu novo animal de estimação.

Vale lembrar que os animais de estimação possuem sentimentos e devem ser tratados com carinho e amor.

Gostou das nossas dicas? Então deixe seu comentário!

Read Full Article

O roedores estão invadindo a casa dos brasileiros! Mas não se preocupe, não estamos falando dos ratos e sim dos hamsters e chinchilas. Você ainda não conhece esses animaizinhos? Então continue lendo que hoje vamos te apresentar a chinchila, esse animal simpático e fofinho, que já foi muito procurado para a produção de casacos de pele graças ao seu pelo sedoso e macio.

A seguir vamos explicar um pouco mais sobre os cuidados com esse animalzinho, quanto tempo ele viver

Alimentação

A alimentação das chinchilas é basicamente composta por ração própria pra esse animal, já que o seu sistema digestivo é bastante sensível, e seu alimento deve ser balanceado. A ração geralmente já possui todos os nutrientes que a chinchila necessita. Elas comem, em média, 30g de ração por dia e seu e água alimento deve ser trocado todos os dias. É preciso ter cuidado para não deixar a gaiola com restos de comida para que não atraia outros animais e não cause mau cheiro.

Já em relação aos petiscos, não é recomendado dar todos os tipos de alimento para o animal já que são bichinhos vegetarianos.

Listamos a seguir alguns alimentos que você pode oferecer pra sua chinchila. Mas lembre-se de que essa não é principal alimentação dela e você deve oferecer esses alimentos esporadicamente:

  • cenoura
  • couve
  • brócolis
  • espinafre
  • tomate
  • maçã
  • pera
  • banana
  • melancia
  • nozes
  • semente de girassol
  • uva passa

Higiene

Em comparação com coelhos e hamsters, as chinchilas são animais bastante asseados, tanto que a proliferação de carrapatos e pulgas nesses animais acontecem com muita raridade.

Seu banho não deve ser feito com água e sim com uma substância chamada carbonato de cálcio, um pó branco, fino e antisséptico. Assim, o pelo da chinchila fica limpo e livre de gorduras. Você encontra esse pó em pet shops ou em lojas especializadas em roedores.

A gaiola precisa ser limpa pelo menos duas vezes por semana, incluindo a lavagem do bebedouro e comedouro do bichinho.

✅ Gosta de roedores? Então veja também o nosso artigo sobre os hamster! 🐹

Como é a reprodução? Quantos filhotes nascem?

filhote de chinchila

A chinchilas se reproduzem em qualquer época do ano, sendo que ela entra no cio a cada 28 dias e cada cio dura cinco dias. Os filhotes nascem com 111 dias a partir da gestação, variando entre um e seis filhotes.

Alguns aspectos podem indicar que a sua chinchila está prenha, como por exemplo:

  • Pouca atividade: O animal passa a se movimentar menos
  • Perca de peso nos primeiros dias da gestação
  • Aumento do tamanho do abdome
  • Aumento das glândulas mamárias

Outra questão importante sobre a reprodução das chinchilas é que é relativamente comum que a fêmea coma seus filhotes. Isso pode ser extremamente assustador para crianças que presenciem a cena. Por isso é bom ficar sempre acompanhando o animal logo após o nascimento dos filhotes.

Outros cuidados com a chinchila

Além dos cuidados que citamos anteriormente existem outras orientações que vão aumentar a qualidade de vida do seu bichinho. Veja a seguir quais são:

  • A chinchila é um animal muito peludo, e possui 50 ou mais pelos em cada folículo. Isso faz com que ela seja muito fofinha, porém ela também retém muito calor e por isso ela não é resistente à altas temperaturas. Por isso jamais deixe a gaiola do seu animalzinho no sol ou em locais muito abafados.
  • Elas se estressam com muita facilidade e não gostam de ser pegas no colo por estranhos, então é melhor evitar ficar manuseando a sua chinchila. Uma dica é observar se ela está soltando pelos, já que esse é um mecanismo de defesa do animal e fazem isso quando se sentem ameaçadas.
  • Como elas são animais noturnos o ideal é interagir com ela apenas ao entardecer ou ao amanhecer, quando estão mais amigáveis.
  • Outra característica do animal é que elas são muito ativas e o ideal é colocar brinquedinhos na sua gaiola para que ela possa se exercitar. Uma opção são as tradicionais rodinhas.
  • Ainda sobre a gaiola, o ideal é colocar a sua chinchila em uma gaiola com andares, escadinhas e rampas para que ela possa se movimentar.

Quanto tempo vive?

filhotes de chinchila

Antes de comprar um chinchila você também precisa estar atento ao tempo de vida estimado do animal, que é de, em média, 13 anos. Mas existem casos de animais que chegaram próximo aos 25 anos!

O que é relativamente muito tempo para um animal de estimação. Por isso, antes de comprar ou adotar uma chinchila, pense bem e saiba que ele vai demandar cuidado carinho por um bom tempo.

Quanto custa uma chinchila? Qual é o preço?

Os valores podem variar muito, a depender da região que você reside. Mas de forma geral, os preços variam entre 250 e podem chegar até mil reais!

Porém, ao adquirir um animal você também tem de levar em consideração gastos com uma gaiola espaçosa e arejada, alimentação e possíveis consultas ao veterinário.

✅ Leia também: Tudo sobre os porquinhos da Índia!

Onde comprar uma chinchila?

Devido a sua raridade, a chinchila não é um animal fácil de ser encontrado à venda em petshops ou lojas de animais. Por isso, se você deseja comprar um filhote recomendamos que você procure por um criador na sua cidade.

Também recomendamos que você tenha muito cuidado em saber de quem você está comprando o animal e a que condições eles são submetidos, como por exemplo, se são bem cuidados, se os animais são saudáveis, se não passam por maus tratos. Converse com outras pessoas que já compraram animais neste mesmo criadouro e certifique-se que se trata de um local de confiança.

Chinchila brancachinchila branca

A chinchila branca é um das mais cobiçadas pelos admiradores deste animalzinho graças a beleza da sua pelagem, que é bem branquinha e macia. Ela também pode apresentar a pelo um pouco mais acinzentado em algumas regiões, como perto do focinho e nas orelhas.

Gostou de saber mais sobre as chinchilas? Então compartilhe esse post para que mais pessoas possam conhecer esse animal fofinho!

Read Full Article

Como todo animal de estimação, o Hamster exige alguns cuidados especiais, e um dos mais conhecidos é quando à sua moradia, que deve garantir o seu conforto, segurança, alimentação e diversão, já que eles adoram brincar.Existem vários modelos de gaiola para Hamster, e no artigo de hoje vamos mostrar algumas opções que você pode procurar aí perto da sua casa, ou até mesmo em sites especializados, de acordo com o seu orçamento e gosto pessoal.

Vale pensar também na durabilidade da gaiola, e na facilidade na hora da higienização, para que o seu bichinho de estimação possa descansar num lugar limpinho e seguro, sem riscos de doença.

Gaiola para Hamster grande

Mesmo sendo um animal de pequeno porte, o Hamster tem muita energia e gosta de brincar, o que exige mais espaço para ele. Por isso, comprar uma gaiola para Hamster grande pode ser a melhor opção para deixar o seu bichinho bem feliz.

Existem alguns modelos de gaiola para Hamster mais conhecidos (chamados de Labirinto ou Safari), que já vêm com os acessórios, tanto para colocar a comida e a bebida quanto os brinquedos e tubos com grandes percursos, e outros modelos que você pode montar como achar melhor, comprando a gaiola e depois os acessórios separadamente.

gaiola de hamster

Pequena

A gaiola para hamster pequena também pode deixar o seu bichinho de estimação bem feliz, desde que ele tenha lugar para dormir, comer, beber água, fazer as suas necessidades e exercícios, pois o Hamster pode ficar entediado e estressado muito facilmente, além de gostar de uma casinha bem limpinha.

Como o conceito de pequeno pode variar de pessoa para pessoa, vamos falar de padrões internacionais: O tamanho mínimo recomendado na Alemanha é de 1m², e é considerado o melhor padrão mundial.

O padrão mínimo americano é considerado muito pequeno, e é de apenas 23 cm².

Também vale lembrar que muitos modelos de gaiola para hamster são adequadas para hamsters anões e chineses, mas muitas são pequenas demais para os sírios, que são maiores.

gaiola para hamster

Gaiola para Hamster 3 andares

A gaiola para Hamster 3 andares é um labirinto perfeito para a diversão do seu animal de estimação, mas vale a pena tomar alguns cuidados, já que a visão do Hamster não é muito boa, e existe o risco de ele cair de algum brinquedo e sofrer pequenas fraturas.

O ideal é que a gaiola para Hamster não tenha mais que 25 cm de altura em cada andar.

Acrílico

Existem vários modelos de gaiola para hamster de acrílico, e apesar de parecer meio sufocante, vale lembrar que esses bichinhos devem ficar longe de correntes de ar, então, essas casinhas podem ser sim uma boa opção.

É importante lembrar que os hamster adoram cavar, então, mesmo que você compre uma gaiola para hamster de alumínio, o piso deve ser sólido, para você forrar e eles conseguirem cavar.

Castelo

É muito comum encontrar uma gaiola para Hamster com nome de “Castelo” ou de “Mansão”, para falar de uma casinha confortável, grande e luxuosa, ou seja, com muitas opções de brinquedos e acessórios para o seu bichinho de estimação se exercitar e brincar.

Vale a pena pesquisar bastante os preços antes de comprar, porque alguns lugares vendem a gaiola vazia pelo preço que você compraria uma outra do mesmo tamanho e qualidade já com os acessórios.

gaiola de hamster

Posso comprar na OLX e Mercado Livre?

Tanto a OLX quanto o Mercado Livre são sites onde pessoas físicas e pequenos vendedores colocam produtos à venda, e você pode encontrar várias opções de gaiola para Hamster lá, desde as mais baratas e já usadas, até as mais caras e modernas.

Comprar pela internet tem suas vantagens, como a comodidade, por exemplo, mas também tem os seus riscos, e por isso, vale a pena pesquisar sobre a reputação do vendedor ou da loja antes de efetuar a compra.

Preço

Como falamos, existem vários modelos de gaiola para Hamster, e por isso, o preço pode variar bastante, de acordo com o tamanho, o material e os acessórios.

O preço da gaiola para Hamster também pode variar bastante dependendo do lugar onde você procurar, tanto em lojas físicas quanto em sites, em lojas especializadas ou comprando de pequenos vendedores, e por isso, vale a pena pesquisar bastante o preço do seu modelo favorito antes de fazer a compra.

E ai gostou do assunto? Então deixe seu comentário!

Read Full Article

É comprovado cientificamente que faz bem para a saúde emocional do ser humano ter um bichinho de estimação para cuidar e dar carinho, isso melhora até a imunidade e instintos sociais da pessoa. O porquinho da índia diferente de gatos e cachorros ocupa menos espaço em casa e dá menos trabalho, são dóceis e muito ativos. Se você deseja ter um, saiba aqui suas principais características e os cuidados antes de comprar o seu animalzinho.

A seguir iremos responder as principais dúvidas sobre ele!

Características do porquinho da índia

porquinho da índia caracteristicas

O porquinho da índia é um roedor mamífero que foi domesticado para viver junto com os seres humanos. Ele é carinhoso, brincalhão, dócil e adora fazer exercícios em sua gaiola.

Ele é um animal perfeito para quem não tem muito espaço em casa e também não tem muito tempo para se dedicar a um animal como um cachorro, que demanda mais atenção para passeios, brincadeiras, carinho e comida.

O porquinho da índia é também conhecido como preá, cobaia, rato chino ou ratinho da índia, e você nunca deve confundí-lo com um hamster.

Há diversas raças de porquinho da índia domésticos e eles se diferenciam mais pela pelagem que pode ser mais curta ou mais longa, o porquinho da índia mais comum que conhecemos é o da pelagem curta e o mais vendido e encontrado em lojas de animais, os outros de pelagem longa são mais raros e mais caros também.

Uma outra característica importante sobre esse animalzinho é que ele pode viver até cinco anos, e por isso é importante pensar bem antes de comprar um filhote, já que ele exige cuidado e atenção.

Qual é o preço?

Os que mais conhecemos é o pelo curto inglês. Ele é encontrado nos valores entre R$10,00 e R$30,00. O abissínio, angorá (com pelos compridos), sheltie, silkie e peruano. Todas essas raças são domésticas e provenientes da América Latina.

Há outras raças mais raras de porquinho-da-índia não encontradas por aqui porque são de origem norte-americana, os Coronet, Teddy, Texel e o American Crested. Essas costumam ser mais caras exatamente graças a sua raridade.

Cuidados com o porquinho da índia

Uma das primeiras coisas que você deve saber ao ter vontade de ter um porquinho-da-índia é que ele não é um animal solitário, ele não gosta de viver só. Ele precisa de no mínimo mais um companheiro e de preferência do mesmo sexo, porque os porquinhos-da-índia costumam se reproduzir demasiadamente, então não é recomendado deixar dois de sexos diferentes juntos. A fêmea pode engravidar diversas vezes e fazer mal para sua saúde.

Na natureza o porquinho-da-índia é acostumado a andar em colônias, o macho, a fêmea e os filhotes. Se você quer ter porquinho da índia em casa saiba que vai ter que ter no mínimo dois para que um faça companhia para o outro, se divirtam, brinquem e vivam juntos.

Como deve ser a alimentação deles? Qual ração escolher?

alimentação porquinho da índia

Essa é uma parte importante e que se deve tomar todos os cuidados necessários para que seu porquinho da índia esteja sempre com a saúde em dia, não fique doente e sem vitaminas.

O porquinho-da-índia é um animal vegetariano, a sua principal alimentação é a ração própria para sua espécie e é vendida em casas especializadas e em pet-shops. A ração é rica em vitaminas e compostos necessários para a vida do animalzinho. Evite comprar rações que são para alimentar roedores no geral, elas não suprirão as necessidades específicas do porquinho-da-índia.

A alimentação complementar além da ração é feita de legumes e algumas verduras, que podem ser cruas ou cozidas no vapor. Atente-se para os alimentos proibidos: batata, feijão, couve-flor, cenoura, couve, figo, frutas e alimentos humanos como doces, biscoitos, bolo, pão e comidas caseiras, nada disso deve ser dado ao seu porquinho-da-índia. Você jamais deve oferecer proteína animal para o seu bichinho, ok?

alimentação do porquinho da índia

Capim e feno devem ser deixados de forma disponível dentro da gaiola do seu porquinho da índia, eles adoram e isso faz bem para sua digestão.

A alimentação do porquinho-da-índia deve ser rica em vitamina C, porque o seu organismo não produz essa vitamina por isso ela deve estar presente diariamente em sua alimentação. Na hora de comprar a ração para o seu bichinho observe se ela é enriquecida com essa vitamina e dê preferência para as que são.

Observe o comportamento do seu animalzinho, se ele ficar muito parado, letárgico, sem energia, ele pode estar com deficiência dessa vitamina ou de outras no organismo e isso deverá ser administrado em forma de remédio. Mas atenção! Jamais medique o seu porquinho da Índia em casa! Na dúvida é importante consultar um veterinário para que ele possa identificar se o seu porquinho da Índia está passando por algum outro problema.

Qual é a gaiola mais adequada? Ele precisa de brinquedos?

brinquedos para porquinho da india

Para abrigar o seu porquinho da índia em casa você deve adquirir uma gaiola grande o suficiente para os dois. Ela não precisa ser enorme, mas deve conter o espaço para o bebedouro, o comedouro, espaço para correrem e se exercitarem e a rodinha de corrida, que é o brinquedo principal deles, onde gastam toda a sua energia.

Isso vai influenciar diretamente na qualidade de vida do seu porquinho da Índia!

toca para porquinho da índia

Alguns brinquedinhos também vão ajudar a distrair o seu amiguinho e também fazer com que ele se exercite. O principal é a rodinha, mas existem outros objetos que também fazem essa função, como por exemplo:

  • Tubos de PVC para ele percorrer
  • Rampas e escadinhas, algo que funcione como um obstáculo
  • Papelão
  • Bolinhas
  • Tocas e esconderijos (eles adoram se esconder nesses lugares!)

Você pode tentar fazer esses brinquedos em casa mesmo, e se for usar algo de madeira, lembre-se de optar por material que não esteja envernizado ou pintado, porque isso pode acabar intoxicando o seu pet.

Porquinho da índia toma banho?

Muitas pessoas ficam em dúvida sobre isso e a resposta é: não. Não é necessário dar banhos nos porquinhos porque isso poderá acarretar doenças de pele e ressecamento da mesma, além de otite, caso entre água no seu ouvido durante o banho. O porquinho da índia são como os gatos, eles mesmo tomam conta da própria higiene.

Se acontecer algo que é necessário dar banho e limpar seu porquinho da índia, faça isso com cuidado em um lugar sem corrente de vento e dê banho com água morna, com shampoo especial para roedores. Seque bem seu bichinho, sem o deixar úmido.

Raças de porquinho da Índia

Atualmente estão catalogadas cerca de 22 raças deste animal, sendo que nem todos eles são domésticos, como é o caso do porquinho da Índia selvagem que vive na natureza e tem hábitos noturnos.

As raças são dividias de acordo com a sua pelagem, que pode ser pelo curto, pelo longo ou sem pelos. A seguir iremos falar sobre as principais raças de porquinho da Índia doméstico e suas características.

Porquinho da Índia peruano

porquinho da índia peruano

É umas raças que causa mais curiosidade pelo fato deles possuírem o pelo bem logo, tanto que algumas vezes a sua pelagem chega a encobrir a cabeça do bichinho. Ele também possui o pelo bem liso e alguns animais o pelo pode chegar a 50 centímetros de comprimento.

Outra curiosidade sobre essa raça é o fato de que existem até concursos de beleza para eleger o mais bonito!

Porquinho da Índia coronet

porquinho da india coronet

Essa raça é muito parecida com a anterior graças a sua pelagem longa e lisa. O que diferencia o coronet do peruano é a coroa que ele possui na cabeça.

Porquinho da Índia angorá

porquinho da índia angorá

O porquinho da Índia angorá é uma raça relativamente fácil de ser encontrada no Brasil e ele se diferencia da raça anterior pelo fato dos seus pelos não crescerem para baixo e sim pra cima, de forma que ele fique espigado em algumas regiões do corpo.

Porquinho da Índia texel

porquinho da india texel

Essa raça de porquinho da Índia pode ser identificada pela sua pelagem mais encaracolada e não muito longa.

Porquinho da Índia inglês

porquinho da índia inglês

Essa é a raça mais comum no Brasil e também a mais comercializada. É possível encontrá-lo com diferentes cores de pelagem, porém sempre com o pelo curto e crescendo no mesmo sentido, o que significa que o seu pelo não apresenta redemoinhos.

Porquinho da Índia Rigdeback

Rigdeback raça porquinho da india

Essa é considerada uma das mais raras raças de porquinho da Índia, sendo possível encontrá-la principalmente no Reino Unido. O que faz com que ele seja tão cobiçado é essa “crista” que ele possui nas costas.

Porquinho da Índia sem pelo

porquinho da índia sem pelo

Por fim, vale falar das duas raças de porquinho da índia que não possuem pelos, que são a Skinny e a Baldwin. Os primeiros ainda podem apresentar uma leve pelagem em algumas regiões do corpo enquanto os Baldwin não possuem pelo nenhum.

Gostaram das dicas de hoje sobre porquinho da índia? Para outras dúvidas e sugestões nos deixe comentários.

Até a próxima!

Read Full Article

Ganhar presente é sempre muito bom, pois está é uma maneira de saber que a outra pessoa gosta de você. E quem gosta de ganhar presente, provavelmente também gosta de dar presente, porém muitas pessoas possuem muita dúvida sobre o que dar de presente.

Se você deseja presentear alguém que gosta de animais, esse artigo é para você, pois nele eu irei falar um pouco mais sobre presentes criativos para quem curte animais, continue lendo e veja a seguir!

O que são presentes criativos?

Muito se houve falar em presentes criativos, mas você sabe o que são esses presentes?

Os presentes criativos, para quem ainda não conhece, são presentes que você usa muito a sua imaginação para comprar ou até mesmo para fazer. Antes para comprar presente você ia para o tradicional, roupa, sapato, acessório, etc. Porém com a ideia de presente criativo você possui um campo muito maior para poder escolher qual presente você pode dar para a pessoa que deseja.

Não se preocupe, não é só você que possui dúvidas na hora de dar presente para alguém, e foi por isso que a seguir eu separei algumas dicas de presentes para quem curte animais, veja abaixo!

Dicas de presentes para quem tem pets

Se a pessoa que você vai presentear tem pets em casa, você poderá usar isso a seu favor na hora de comprar seu presente, veja a seguir algumas dicas!

Canecas personalizadas

Existem lindas canecas personalizadas com frases e desenhos de pets, e por isso se a pessoa gosta desse animal irá amar o presente sem dúvidas.

Almofadas

As almofadas personalizadas também são ótimas opções para presentear as pessoas que amam os animais. As suas mais variadas estampas e frases fazem com que você tenha muita opção na hora de escolher o eu presente.

Porta retrato “pai de cachorro”

Quem que possui um animalzinho e nunca disse que era o pai ou a mãe dele? E é por isso que a linha “pai de cachorro” faz tanto sucesso. Esses porta retratos são personalizados e possuem essa frase em suas bordas “pai de cachorro” e nele você poderá colocar uma linda foto sua com o seu pet.

Peso de porta

Existem alguns lindos pesos de porta que possuem o formato de um cachorro, sendo que essa é uma excelente opção de presente criativo, e por isso você poderá apostar neste presente.

Luminária de mesa

Para quem realmente ama os pets, uma decoração com eles não é nada mal não é mesmo? E é por isso que se você comprar uma luminária personalizada com um lindo pet, a pessoa irá amar esse presente, pois assim se lembrará de você e do seu bom gosto.

Todos esses presentes você encontra na loja Gorila Clube, acesse até o seu site oficial e confira esses e vários outros presentes criativos para quem curte animais.

Ficou alguma dúvida sobre esse artigo? Deixe-a nos comentários que nós iremos responder você assim que for possível!

Read Full Article

Com toda certeza você ama seu cãozinho! E como não amar não é mesmo? Por isso não é nada incomum você querer comemorar o aniversário dele! Mas na hora de fazer o bolo é necessária muito atenção, pois os cachorros não podem comer tudo o que a gente come. Algumas coisas podem fazer muito mal pra eles! Você está querendo fazer uma festinha para seu cão? Veja agora dicas e como fazer um bolo de aniversário para cachorro!

Receitas de bolo de aniversário para cachorro

Vamos agora te ensinar algumas receitas deliciosa de bolo, que seu cachorrinho vai adorar com toda certeza. Vamos aprender?

Bolo de carne

Carne é uma das comidas mais adoradas pelos cachorros, por isso, com certeza esse bolo vai arrasar!

Ingredientes:

  • 250 gramas de qualquer carne bovina moída;
  • 325 gramas de queijo cottage ou queijo minas light;
  • 2 ovos;
  • ¼ xícara de leite em pó;
  • 1/8 de xícara de gérmen de trigo;
  • 4 fatias de pão de cereais integrais em pedacinhos;
  • 4 xícaras de aveia cozida;
  • 2 xícaras de arroz integral cozido.

Como fazer o bolo?

  1. Em um recipiente grande misture a carne moída, com o queijo que você escolheu. Misture bem!
  2. Depois acrescente os ovos, a medida de leite em pó e por último o gérmen de trigo, sempre misturando bem.
  3. Depois de ter misturado bem esses ingredientes, acrescente o pão, a aveia e o arroz integral cozido.
  4. Você deve misturar até que a “massa” fique homogênea.
  5. Coloque a mistura em uma forma de bolo e coloque para assar. O forno deve estar pré aquecido, em 180 ºC e você deve assar por 1 hora.
  6. Deixe esfriar, desenforme se desejar e depois sirva.

Dica: Para decorar o valo você pote utilizar um patê para cães. Escolha aquele que seu cãozinho mais gosta.

 

Bolo de aniversário para cachorro

Bolo de Maçã com Banana

Algumas frutas são muito boas para os cães. A maçã é um das melhores, porque suas propriedades ajudam na digestão do animal e ela também é adstringente. A banana também é muito boa, porém ela só deve ser dada em poucas quantidades. Vamos a receita?

Ingredientes:

  • 200 gramas de farinha de arroz
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 2 ovos
  • 2 maçãs
  • 1 banana
  • 1 envelope de fermento
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1 colher de chá de canela

Como fazer o bolo?

  1. Descasque as maças e as bananas. Tire o miolo da maça e certifique-se de que não deixou nenhuma semente para trás. Triture as frutas;
  2. Aos poucos, vá adicionando os demais ingredientes, até que vire uma massa homogênea;
  3. Vire a massa em uma forma e depois coloque para assar, no forne pré aquecido em 18 ºC;
  4. Asse até dourar, ou até o centro do bolo não estar mais úmido. Pode usar um palito para conferir;
  5. Deixe esfrias, desenforme e sirva!

Dica: Para decorar você pode usar maçãs picadas em formatos divertidos.

Bolo de aniversário para cachorro

Bolo de frango com cenoura

Como já dissemos os cachorros adoram carne e a cenoura é um dos melhores legumes para cães. Isso porque, a cenoura é antioxidante, ajuda na digestão e também a fortalecer os dentes. Veja a receita de bolo que reúne os dois.

Ingredientes:

  • 6 colheres de sopa de farinha de arroz
  • 1 colher de chá de fermento
  • 2 colheres de sopa de aveia
  • 2 ovos batidos
  • 300 gramas de carne de frango picada
  • 3 cenouras raladas
  • 1 colher de sopa de azeite de oliva
  • 1/2 xícara de água

Como fazer o bolo?

  1.  Primeiro misture a farinha, a aveia e também os ovos. Misture bem!
  2. Vá adicionando aos poucos o restante dos ingredientes e misture até formar uma pasta;
  3. Vire a massa em uma forma e coloque para assar em forno pré aquecido e em 180 ºC;
  4. Retire do forno, deixe esfriar, desenforme e depois sirva!

Dica: Nesse caso, para decorar você pode fazer uma combinação de pate para cães com pedacinhos de cenoura.

Bolo de aniversário para cachorro: Dicas!

Agora vamos te dar algumas dicas importantes sobre bolo de aniversário para cachorro, para você não prejudicar a saúde dele.

  • Nunca coloque chocolate no bolo. Chocolate é muito prejudicial para os cães, não apenas devido ao açúcar, mas também porque o cacau possui teobromina. Essa substância pode causar nos cães aumento da pressão arterial, taquicardia, arritmia, tremores e convulsões.
  • Nunca exagere na porção do bolo, mesmo essas receitas contendo apenas alimentos que os cães podem comer, não é bom exagerar.
  • Caso sobre bolo, você deve conservar na geladeira e só deve servir para o seu cão até no máximo 3 dias depois.
  • Deixe os bolos apenas para ocasiões especiais, nunca substitua a ração adequada.

Veja também esse vídeo com outro tipo de receita de bolo de aniversário para cachorro:

Gostou das nossas dicas sobre bolo de aniversário para cachorro? Sabe alguma receita? Deixe seu comentário e compartilhe com a gente!

Read Full Article

A cobras estão se tornando os novos animais de estimação queridinhos para se criar em casa. É isso mesmo, o que para muitos parece ser loucura, para outros é um sonho realizado. O que antes parecia ser impossível, hoje vem se tornado uma prática bastante comum e muitas pessoas querem cobras para ter em casa como seu animal de estimação.

Se você também possui o sonho de ter uma cobra como animal de estimação, mas não sabe qual é a melhor raça para esse fim, você esta no lugar certo, pois hoje eu irei falar nesse artigo tudo o que você precisa saber para escolher a raça certa para sua cobra de estimação. Confira.

cobras para ter casa como animais de estimaçãoComo escolher a raça de cobras para ter em casa?

Escolher a raça da sua cobra para ter em casa é muito importante, pois é necessário que você conheça bem a espécie que deseja adquirir para que não sofra com nenhuma consequência da má escolha depois, principalmente se essa for a sua primeira cobra para ter em casa. Se você não sabe qual a melhor espécie para comprar, veja a seguir algumas dicas muito importantes que podem te ajudar.

  • Escolha  o que você deseja de sua cobra: O primeiro passo para quem deseja ter uma cobra de estimação, é saber o que ele deseja de sua cobra, visto que o tamanho das cobras podem influenciar na escolha, o tipo de alimentação delas, a facilidade de serem ou não controladas, se elas possuem ou não algum veneno e vários outros fatores, por isso liste aqueles que são mais importantes para você, antes de ir em busca de escolher a sua cobra de estimação;
  • Priorize cobras mais simples: Se essa é sua primeira cobra de estimação, você ainda não possui muita experiência no assunto, por isso é necessário que você que você escolha uma cobra que seja mais fácil de cuidar. Quanto mais simples for a cobra, mais fácil é para cuidar dela, então priorize essas cobras e terá menos trabalho;
  • Esteja certo de que escolheu a cobra certa: é necessário que você escolha um vendedor confiável, pois muitos podem apenas estar querendo vender a cobra sem se preocupar com você, por isso é necessário que você conheça bem o tipo de cobra que esta comprando, sendo assim, quando você escolher uma cobra, estude bem sobre ela antes de leva-la para casa. Quanto melhor você entender de cobras, mais fácil será parra cria-la.
  • Tenha tempo para cuidar de sua cobra: Você precisa de tempo para cuidar de uma cobra, por isso, antes de escolher a sua cobra, certifique-se de que você terá tempo suficiente para cuidar dela;
  • O espaço é fundamental: Não adianta você  querer ter uma cobra de 10 metros se o seu espaço não permite isso. Sendo assim, você deve escolher a cobra pelo tamanho. E se você achar que o seu espaço é pequeno, priorize cobras menores.

Seguindo essas dicas, com certeza você terá excelentes resultados na hora de escolher sua cobra. Veja a seguir quais são as melhores cobras para se ter em casa:

cobras para ter em casa falsa coralMelhores espécies para cobras para ter em casa

Cobra do milho

Muito conhecida, a cobra do milho é a principal espécie de cobras para ter em casa. Ela é uma cobra simples e que pode ser manuseada sem se sentir ameaçada e querer atacar. São pequenas e fáceis de adaptar em cativeiros e não possuem muitas exigências alimentares;

Cobra real californiana

Essas cobras são muito dóceis e pequenas, e por isso não possuem muita exigência para o seu habitat, sendo que podem se manuseadas facilmente e se alimentam de ratos mortos com facilidade. Possuem diversas colorações e são fáceis de serem encontradas para compra;

Cobra falsa coral

Existem muitas cobras falsa coral, e todas elas são ótimas espécies para animais de estimação, visto que elas se adaptam facilmente em cativeiro e não possuem muitas exigências quanto a alimentação. A maior dessas cobras possui cerca de 120 cm, por isso podem ser alojadas em locais pequenos;

Cobra casa africana

Essas cobras exigem um pouco mais de cuidado, visto que possuem dentes longos, e assim uma dentada pode ocasionar muita dor. Quando pequenas podem ser um pouco assustadoras, mas são tímidas. Essas cobras não podem ser manuseadas com frequência e devem ser alimentadas de preferencia no escuro.

Como pode ser visto, cada espécie de cobra possui suas particularidades, por isso é necessário que você escolha bem qual cobra deseja para ser seu animal de estimação.

 

Read Full Article