Skip to content

Câncer em cachorros: Sintomas? Cuidados? Tem cura?

julho 9, 2016
cancer em cachorros

Há quem não saiba, mas os cães sofrem muito com o câncer e é uma das doenças que mais matam no mundo canino. Portanto, é muito importante conhecer os sintomas e as causas para que os donos possam evitar e/ou tratar antes que aconteça o pior.

Se o seu cãozinho está passando por isso, ou se você já observou qualquer comportamento estranho nele, continue lendo! Vamos explicar tudo neste artigo!

Como identificar os sintomas de câncer em cachorros?

Os sinais abaixo podem indicar outras doenças, mas ao primeiro sinal deles, leve seu animal ao veterinário imediatamente. Listamos 10 sinais que seu cãozinho possa ter câncer, fique atento:

Dor: claudicar, mancar, ao andar ou pular você perceber que o cão está com dor, pode ser problemas nas articulações e sim, pode ser sinal de câncer;
Hábitos no banheiro: se seu cão aumentar a frequência que urina ou defeca ou dificuldade ao fazê-los, juntamente com sangue, é sinal claro de câncer;
Comportamento: cansaço, muito sono, ânimo baixo pode ser um início da doença;
Problemas ao respirar: tosse e falta de ar pode ser problema cardíaco, câncer ou problemas no pulmão, caso perceba isso, leve ao veterinário o quanto antes;
Falta de apetite: muito comum o animal perder a fome e isso significa muita coisa, uma delas é o câncer;
Peso: aliado à perda de apetite, vem a perda o peso;
Machucados que demoram a curar: cachorro com feridas que não saram pode ser infecção, problema de pele ou câncer;
Excreções: vômito, diarreia, sangue e pus são indícios claros que tem algo errado com seu bichinho, então, não ignore e leve-o ao médico;
Odor: mau hálito, ouvido com cheiro ruim ou em qualquer parte do corpo é sinal de câncer;
Inchaço ou caroços: tudo que seja anormal deve ser analisado, principalmente locais inchaços ou com caroços, que, como no câncer de mama nas cadelas, é sinal evidente da existência de nódulos ou tumores.

O que causa o câncer?

Idade avançada, problemas na pele (albinismo), doenças virais, exposição constante ao sol e muitas outras podem desencadear esta doença.

Qualquer raça poder ter câncer?

Sim! O câncer não é exclusivo de uma ou outra raça, todos os cães (grandes, pequenos, peludos ou não, etc.) estão propensos a desenvolver o tumor.

Há prevenção do câncer em cachorros? E existe tratamento?

Não, infelizmente. Mas algumas medidas são eficazes para minimizar as chances, como check-up semestral nos cães, o uso de protetores solares nas partes mais expostas ao sol, boa alimentação, higiene e cuidado com o animal.

Depois de diagnosticado e constatado o câncer, o oncologista veterinário decidi o melhor tratamento, sendo a cirurgia, quimioterapia, imunoterapia, radioterapia, os mais comuns. Vale ressaltar que casa caso a forma de tratar é uma.

Quais os tipos de câncer?

Também conhecidos como neoplasias, os cânceres são mais comuns em fêmeas, sendo que nos machos, os que mais se desenvolvem são os de pele (carcinoma epidermóide), o testicular, além dos internos que atingem o útero, pulmão, ovários, fígado e baço.

O câncer é silencioso e assustador, ainda mais nos cães que não sabem falar. Por isso, conhecer os sintomas pode evitar que eles sofram muito ou até morram. O câncer sem sempre é fatal, mas é preciso tratar desde o início.