Skip to content

Quais os melhores cães de companhia para os idosos?

abril 20, 2016
cachorros para idosos

É sabido que em certa idade, nosso corpo e mente já está cansada e precisamos de mais atenção e cuidado. Também precisamos de companhia adequada para continuar a jornada, por isso, um cachorro é uma opção excelente para quem quer um companheiro no dia-a-dia.

Para os idosos, a energia e tamanho do cão são fatores essenciais para levar em consideração. Cães mais adultos são mais indicados por já terem passado da fase eufórica de filhotes e já acostumarem com a presença e se adaptam aos hábitos diários com mais facilidade, além de já fazer suas necessidades num só lugar, evitando muita sujeira.

Não é regra, mas cães de pequeno porte são melhores para os idosos, uma vez que são mais fáceis de manusear, dar banho, tosar e manter, pois, comem e sujam menos. Além de não gastar muita energia na hora das caminhadas. Outro fator importante, é ser um cachorro calmo e dócil, para que não ocorra transtornos quanto a brincadeiras que podem machucar os idosos.

Quais as melhores raças de cães de companhia para idosos?

Vamos listar por características, 5 raças que são indicadas para acompanhar nossos idosos no dia-a-dia.

• Calmo e com pouca energia: Pequinês;
• Dispensa tosa, muito banho e cuidado com o pelo: Pug;
• Silencioso e não latem muito: Cavalier King Charles Spaniel;
• Para quem tem alergia: Poodle micro toy;
• Cães carinhosos que gostam de colo: Yorkshire terrier;

Estes são alguns exemplos de raças indicadas para a convivência com idosos. Todos eles têm suas características como tamanho, energia, temperamento, cuidado, entre outros, e cada uma delas devem ser levadas em conta antes de adotar/comprar um pet.

Quais os cuidados que você deve ter com o cão?

É importante saber sua disponibilidade antes de ter um cãozinho. Tem tempo para cuidar do animal? Tem condições financeiras para arcar com despesas do bichano? Realmente gosta de animais? Por que ele precisa de atenção, amor, carinho e cuidado, não só físico, mas psicológico também.

A idade avançada necessita de mais atenção e cuidado, converse com sua família para saber se todos estão de acordo, se eles se disponibilizam a ajuda-lo a cuidar do pet caso precise se ausentar ou coisas do tipo. Ao ter um animal você se torna responsável pela vida deste bichano, portanto, pense muito bem antes de trazê-lo para casa.

Esteja sempre disponível para seu animal, não o deixe sozinho em casa, passeie com frequência, use guias e coleira que o identifique. E não se esqueça de sempre que estiver fora de casa, limpe as fezes e urina dele. Mantenha o local que ele dorme sempre limpo, as vasilhas também higienizadas, para que ele não adoeça nem transmita nenhuma doença para você ou seus visitantes.

Por fim, esteja ciente que o tempo médio que um cão vive é de 12 a 15 anos, ou seja, escolha bem seu companheiro, para que ele possa viver de acordo com seu tempo. Pois, uma perda pode ser muito significativa, o que não seria saudável para os idosos.